Notícias

17 fev

Público variado aproveita hora do almoço para dançar na Casa Hoffmann

Publicado em: Camerata Antiqua de Curitiba por: viridiana
Co Mover - Casa Hoffmann - Foto Cido Marques (6)

As aulas de dança gratuitas da Casa Hoffmann voltaram e já estão sendo bem aproveitadas pela comunidade. Cerca de 200 pessoas passam pelo espaço durante a semana, nas aulas que acontecem no horário do almoço, de terça a sexta-feira, das 12h às 13h30.

A proposta é bastante democrática, para participar não é necessária inscrição prévia, apenas chegar e usar roupas apropriadas para exercício físico.

Dois professores revezam. Na terça e quinta-feira, quem ministra as aulas é a artista Gladis dos Santos. Na quarta e sexta-feira é a vez do coreógrafo Airton Rodrigues. Cada aula tem o foco na formação do professor, que se aprofunda nos ensinamentos e técnicas de dança, com viés voltado à cena contemporânea.

Para participar não existe pré-requisito, os grupos são formados no dia, de acordo com a ordem de chegada. Artistas, dançarinos, estudantes de arte e pessoas que não sabem dançar se unem formando uma grande comunhão no entorno do movimento.

“Temos como mote acolher as diversas formas de corpo, vem gente que nunca teve acesso a aulas de dança. Então fazemos com que realmente sejam abertas, transformando em um grande presente pra cidade”, comentou Gladis.

Aluna assídua, Maria Tereza Gomes demorou para frequentar as aulas com medo de que precisasse de experiência, mas venceu o receio e hoje, mais segura, percebe que foi bobagem. “Já passei essa barreira, e quando somos abraçados pelas pessoas como fui aqui, facilita muito. Foi uma grande alegria encontrar essa vivência tão gratificante”, comemorou.

Público estrangeiro
O projeto, que começou ano passado, cresceu e hoje atende até turistas que vieram passar poucos dias na cidade, como o brasiliense Lucas Scalco.

“A proposta é bem livre e acolhe todo mundo. A dança é terapêutica e a forma que a professora trabalha propõe um reencontro com o interior, isso ajuda a liberar essa tensão que o mundo nos impõe”, comentou Lucas.

Alunos de outras partes do Brasil e do mundo são frequentes nas aulas, a professora lembra ainda que já tiveram turistas de Goiânia, Colômbia e Argentina.

“Esses encontros fazem da aula mais interessante ainda. Penso algumas propostas para dar, mas sempre preciso alterar para que todos aproveitem.”

 

Serviço: Aulas Continuadas – Co Mover
Local: Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento (Rua Dr. Claudino dos Santos, 58 – São Francisco)
Entrada gratuita

Professora Gladis dos Santos
Dias: terças e quintas
Horário: 12h às 13:30h
Vagas: 25
Faixa etária: 14 anos

Professor Airton Rodrigues
Dias: quartas e sextas
Horário: 12h às 13:30h
Vagas: 25
Faixa etária: 13 anos

Para participar, é só chegar ao local

 


PATROCINADORES