Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba

Fundada em 1974, como parte integrante da Camerata Antiqua de Curitiba, teve um período de dedicação exclusiva à música antiga, sob a direção do maestro Roberto de Regina. Posteriormente, incorporou a música contemporânea, estimulada pelo violinista Paulo Bosísio, que respondeu pela orientação técnica e regência do grupo de 1983 a 1985. Em 1989, passou a ser chamada de Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba, dominando um repertório amplo e original, com audições brasileiras e mundiais inéditas. Em seu repertório constam obras para cordas de todos os tempos, com ênfase para a música barroca e brasileira. O grupo atua sob a direção de importantes regentes convidados e tem acompanhado renomados solistas brasileiros e estrangeiros.

Aberta a experiências em outras áreas que não apenas a da música erudita, a Orquestra de Câmara tocou na companhia do grupo paulista “Nouvelle Cuisine”, em apresentações pelo Brasil, em 1991. Também foi escolhida para participar do “Projeto Brasil Musical”, em 1994, quando realizou turnês com destacados nomes da música instrumental brasileira, entre eles Egberto Gismonti, Wagner Tiso e Zimbo Trio. Além de ter se apresentado em várias cidades brasileiras, a orquestra tomou parte dos principais festivais de música do país.

A Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba exibe, igualmente, um currículo internacional. Em 1990, foi convidada a integrar o Festival Cultural de Sinaloa, no México. Participou, ainda, em 1997, do Festival Brasiliana II, em Copenhague (Dinamarca). Em setembro de 1999, na comemoração dos seus dez anos de existência, a Orquestra de Câmara apresentou-se na Itália, na abertura das comemorações do V Centenário da República do Brasil. Também executou concerto no “51° Prix Itália” da rede de televisão estatal italiana – RAI, no Teatro Verdi de Florença, na cerimônia de entrega do “Prêmio Especial ao Presidente da República do Brasil”, pelos 500 anos de descobrimento do país. Para aprimorar ainda mais o conhecimento técnico e artístico, hoje a Orquestra de Câmara Cidade de Curitiba realiza seu trabalho sem a presença de um maestro titular, apresentando-se com regentes convidados, vindos dos mais importantes centros culturais do país e do exterior, alçando o grupo à posição de uma das principais orquestras brasileiras de câmara.

WINSTON RAMALHO (Paraná) – Diretor Musical e Spalla
. Camerata Antiqua de Curitiba
. Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba

Martinho Lutero Klemann – Ensaiador

Representante da Orquestra:
Estela de Castro

Coordenador da Orquestra:
Francisco de Freitas Jr. (Chefe de Naipe)

MÚSICOS

Violinos I

Violinos II

Violas

Violoncelos

Contrabaixo