Paul Wegmann – Currículo

PAUL WEGMANN – professor de Composição e Arranjo Instrumental em Música Popular Brasileira

 

Guitarrista, compositor e educador musical. Iniciou seus estudos superiores em guitarra elétrica na Escuela Moderna de Música (Santiago do Chile), continuando no Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos de Tatuí (São Paulo, Brasil), em guitarra mpb/jazz.

É Bacharel em Composição e Regência pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (UNESPAR). Tem estreado obras em eventos locais e internacionais dedicados à música contemporânea de concerto e compôs trilhas sonoras para diversas obras teatrais. Publicou trabalhos acadêmicos no Brasil e na Espanha. É professor do curso de Composição e Arranjo Instrumental no Conservatório de Música Popular Brasileira de Curitiba desde 2015 e professor de Guitarra Elétrica e Teoria Musical no Conservatório Municipal Waltel Branco (Paranaguá, PR). Paralelamente, desenvolve pesquisas nas áreas de composição com suporte tecnológico, programação criativa (Max/Msp), improvisação, filosofia da música e educação musical.

 

FORMAÇÃO

• 2014 / 2019 – Bacharel em Composição e Regência pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP – UNESPAR). TCC qualificado com nota máxima.

• 2013 – Bacharelado em Música Popular na Faculdade de Artes do Paraná (UNESPAR) não concluído.

• 2009 / 2011 – Curso de Guitarra Mpb/Jazz no Conservatório Carlos de Campos de Tatuí (SP) tendo aulas com os guitarristas Fábio Leal e Fabio Gouvea (parcialmente concluído).

• 2008 – Curso de Saxofone no Conservatório Dramático e Musical Carlos de Campos de Tatuí (SP) com o saxofonista paraguaio Angel Miranda (um ano).

• 2005 / 2006 – Curso superior de Guitarra Elétrica (não concluído), na Escuela Moderna de Música, (Santiago do Chile), sob orientação do guitarrista Rodrigo de la Prida.

• 2000 / 2001 – Curso de guitarra elétrica no Liceo Experimental Artístico (LEA), em Antofagasta, Chile.

 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E ACADÊMICA

 

2020

• Projeto classificado com nota 90,5 no edital FCC Digital II, o qual prevê a premiação de conteúdo artístico audiovisual a ser veiculado nasredes sociais da Fundação Cultural de Curitiba. O vídeo premiado é o registro da performance da obra Reflexões sobre a Imortalidade dos Átomos, resultado do meu trabalho de conclusão do curso de Composição e Regência na Escola de Música e Belas Artes do Paraná – UNESPAR.

• Aluno especial na disciplina Tópicos em Composição e Estética no programa de pesquisa e pós-graduação em música na Universidade Federal do Paraná, coordenado pelo professor Clayton Mamedes, Indioney Rodrigues e Roseane Yampolchi. Na disciplina apresentei o projeto de pesquisa intituladoA Unidade na Criação Sonora.

• Composição da obra eletroacústica Mas não podia ventar, inspirada no poema Arabesco, de Gustavo Jugend.

• Publicação do single Bala Perdida no Youtube e Instagram.

• Publicação de um Estudo de Harmonia, composto com material gerado a partir de sistemas dinâmicos caóticos, em Max/Msp.

• Composição de dois singles que farão parte do meu primeiro álbum solo intitulado Fragmentado: Nostalgias de uma Formiga Exploradora e Nymphaia.

• Membro colaborador do Proyecto Toconce. O projeto visa a criação de uma escola e auxílio pedagógico por parte de uma equipe internacional interdisciplinar em prol da proteção da cultura Diaguita, povo que habita o altiplano chileno.

 

2019

• Produção de concerto junto ao Círculo de Invenção Musical no dia 13/12 na sala da Orquestra Filarmônica da Universidade Federal do Paraná (UFPR), no qual foi estreada a obra eletroacústica A Longa Noite do Não-Ser.

• Produção de concerto junto ao Círculo de Invenção Musical no dia 18/10 no teatro da Escola de Música e Belas Artes do Paraná, no qual teve lugar a estreia em Curitiba da obra eletroacústica Los Árboles piensan de otra manera.

• Mesa redonda conduzida na Escola de Música e Belas Artes do Paraná, sobre Processos Criativos em Música Eletroacústica.

• Composição de sound design para o projeto Casa dos Sentidos. O projeto prevê a construção cenográfica de uma casa, estruturada como instalação de arte, com seus espaços internos concebidos a partir das impressões de crianças autistas e releituras artísticas.

• Estreia da obra A Longa Noite do Não-Ser no XVI Festival Internacional de Música Contemporânea Darwin Vargas, organizado pelo instituto de música da Pontifícia Universidad Católica de Valparaíso, dia 11 de outubro, no Chile.

• Duas obras eletroacústicas estreadas no 17h Brazilian Symposium on Computer Music: A longa noite do Não-sere Los Árboles piensan de otra manera. O evento internacional teve lugar na cidade de São João del-Rei, Minas Gerais em setembro de 2019.

• Entrevista outorgada à revista de espetáculos Top View.

• Entrevista outorgada na Rádio Paraná Educativa.

• Composição de trilha sonora e direção musical da peça teatral Fedra em: O fantástico mundo de Hipólito, baseado na releitura da dramaturga inglesa Sarah Kane. O elenco é formado por Cintia Napoli, Airton Rodrigues, Maicon Kempinski, Rubia Romani, Malki Pinsag, sob direção de Eduardo Ramos e Michele Moura. Dramaturgia de Gustavo Marcasse. A peça foi estreada no TEUNI, e fez parte da mostra principal no Festival de Teatro de Curitiba.

• Apresentação no projeto Vale da Música, com o duo de guitarras Wegmann – Karsmirski.

• Classificado em primeiro lugar para lecionar guitarra elétrica e teoria da música no Conservatório Waltel Branco, em Paranaguá, Paraná.

 

2018

• Composição de sonoplastia da Oficina de Montagem realizado pela Setra Companhia e Ap da 13 Espaço de Criação com apoio da Fundação Cultural de Curitiba, a qual consistiu na realização de 5 espetáculosteatrais autorais: Neon, de Don Correa; Noite Feliz, de Eduardo Ramos; Animaníaques, de Léo Moita; Krio, de Juliana Partyka; Principia, de Gustavo Marcasse; Todas as peças sob direção de Eduardo Ramos, iluminação de Juliane Rosa, preparação vocal de Edith de Camargo, direção corporal de Airton Rodrigues, maquiagem e figurino de Luiza Wolff e produção de Mariana Hanf. As peças foram apresentadas no Teatro Novelas Curitibanas entre 8 de novembro e 16 de dezembro de 2018.

• Estreia da peça eletroacústica Espessuras, (sistema quadrafônico) no Simpósio Internacional de Música Nova.

• Publicação da peça Si será no lo sé, criação em dupla com Santiago Beis.

• Curadoria do concerto do Círculo de Invenção Musical no Simpósio Internacional de Música Nova. O concerto apresentou obras instrumentais e acusmáticas de nove compositores de diferentes gerações. Entre eles, estudantes e graduados pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (UNESPAR – EMBAP), Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Universidade de São Paulo (USP). Willian Lentz, Paul Wegmann, Francisco Cardoso de Araújo, Antonio Spoladore, David Raubach, Renan Regis, Miguel Peres Colhado e Luis Stellfeld. Nesta ocasião, contamos com a participação do compositor convidado Luzilei Aliel.

• Assistente de gravação no concerto do duo de percussão da orquestra filarmônica da Universidade Federal do Paraná – UM2UO – no segundo Festival Internacional de Percussão de Curitiba, pelo Laboratório de Música Sonologia e Áudio da Universidade Estadual do Paraná – LaMuSA (UNESPAR – EMBAP).

• Compositor e diretor musical na obra teatral Nós outros. A partir de uma experiência junto aos Kaingang e Guaranis na Aldeia Tupã Nhe’e Kretã, o espetáculo busca suspender os discursos e perceber o outro na sua mais completa diferença. Celebrar tanto a cultura quanto cada indivíduo, através de relatos, músicas e danças é o foco da peça. As apresentações aconteceram em 24 cidades do estado do Paraná em 2018 e 2019. Dramaturgia e direção de Don Correa.

 

2017

• Apresentação no Curitiba Jazz Festival, como guitarrista da banda Jazz Maia, da pianista, pesquisadora e compositora Marilia Giller. O show teve lugar no encerramento do festival e contou com a participação do cantor Dou Raíz.

• Publicação do concerto de jazz Liquid Sessions I, gravação feita ao vivo no Dizzy Café Concerto com Wagner Bennert e Thales Lemos.

• Comunicação oral no I Congreso Internacional de Psicologia de la Música y la Interpretación Musical, em Madri, Espanha. O congresso foi celebrado nos dias 5, 6 e 7 de outubro de 2017. O artigo foi desenvolvido junto ao autor Francisco Cardoso de Araújo e foi intitulado ANALISE DA OBRA GESTI, DE LUCIANO BERIO: Aspectos formais, espectrais e de direcionalidade.

• Comunicação oral do projeto de iniciação científica (PIC) Criação de Patches em Ambiente Max para Composição Microtonal, no EAIC 2017.

• Estreia da obra Escultura em Vidro, no auditório da EMBAP. Obra inteiramente acusmática que utiliza apenas sons de objetos de vidro. A obra teve difusão quadrafônica ao vivo.

• Curadoria e produção do concerto Multiversos: do acústico ao acusmático junto ao Círculo de Invenção Musical na IV Bienal Música Hoje, festival internacional de música contemporânea organizado pelo Ensemble EntreCompositores em parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR). No concerto foram estreadas as obras de própria autoria: Reflexões sobre a Imortalidade dos Átomos e Miniaturas com guitarra elétrica no.4, ambas com difusão quadrafônica.

• Oficina de Improvisação no Espaço Cultural Ilê Odara. Foi ministrada uma aula de duas horas e uma posterior Jam Session com os alunos. A temática abordada foi Fundamentos históricos e considerações acústicas sobre os sistemas modal e tonal, voltado à improvisação e composição.

• Curadoria do projeto Duos Instrumentais, no Restaurante Mezanino das Artes. O projeto consistiu numa série de apresentações em duo realizada aos sábados pela noite, tocando em cada semana com um novo convidado.

• Publicação das obras eletroacústicas Miniaturas com guitarra elétrica 1, 2, 3 e 4.

• Comunicação oral no IV Simpósio Acadêmico de Flauta Doce da EMBAP (UNESPAR). O título do artigo é ANALISE DA OBRA GESTI, DE LUCIANO BERIO: Aspectos formais, espectrais e de direcionalidade.

 

2016

• Comunicação oral no II Interarte (na Faculdade de Artes do Paraná – UNESPAR Campus Curitiba II), com a temática Heterogeneidade nas turmas de arranjo do Conservatório de Mpb de Curitiba: Relato de experiência na elaboração e reformulação do plano de curso.

• Apresentação artística no II Interarte realizada no Setor de Educação Profissional e Tecnológica da UFPR (SEPT). A apresentação foi junto aos músicos Pedro Mila (bateria), Santiago Beis(piano e instrumentos de sopro).

• Participação como coautor junto ao Prof. Dr. Felipe Ribeiro e o Me. Fabrício Ribeiro no artigo Apontamentos sobre os recursos idiomáticos da flauta transversal relativos às técnicas estendidas: levantamento de sua utilização nos séculos XX e XXI, publicado na revista Opus, da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Música (ANPPOM), disponível em http://www.anppom.com.br/revista/index.php/opus/article/view/344

• Publicação da obra Roots, para clarinete (Francisco Cardoso), prato China e piano preparado (Santiago Beis).

• Palestra ministrada ao segundo ano do curso Técnico em Produção Cênica da Universidade Federal do Paraná com a temática Canção Imaginária: concepção formal e processo criativo.

 

2015

• Professor do curso de Composição e Arranjo Instrumentalno Conservatório de Música Popular Brasileira de Curitiba.

• Membro integrante do Círculo de Invenção Musical, grupo de compositores da nova geração que promove música de concerto e eventos relacionados à composição de música contemporânea. No primeiro ano de trabalho foram realizados concertos e palestras com instrumentistas e compositores, sendo mencionados na Revista Concerto e no Estadão,referente ao concerto realizado pelo grupo na III Bienal Música Hoje.

• Estreia da obra Canção Imaginária, no Centro Cultural Heitor Stockler de França (Curitiba), como resultado do curso de composição ministrado por Harry Crowl e Indioney Rodrigues. Programa do concerto.

• Estreia do Quinteto de Sopros n1 na III Bienal Música Hoje (Curitiba), interpretado pelo quinteto Sopro5.

• Composição e publicação do Estudo n.2, para guitarra elétrica de sete cordas.

• Estreia da obra Viagem pelo rio Ivaí, trilha composta para um vídeo mudo filmado no Paraná em 1949. A obra foi executada simultaneamente com a projeção do vídeo na Cinemateca Cultural de Curitiba.

• Disseminação de pesquisa no Encontro Anual de Iniciação Científica (EAIC) da UNESPAR em Campo Mourão/PR sob orientação do Prof. Dr. Felipe Ribeiro intitulada Ampliando os recursos idiomáticos da flauta transversal: a necessidade de consolidação de uma nova tradição de performance e de ensino da flauta transversal no século XXI.

• Apresentação oral do projeto de iniciação científica Jogos digitais para o estudo da percepção musical: Incentivos para o estudo extra-classe, sob orientação da Profa. Dra. Cristiane Otutumi (UNESPAR) no III Encontro de Práticas Pedagógicas e Estágio Curricular Obrigatório (EPPECOM) na PUC/PR.

 

2014/2013

• Palestra formadora de plateia para jazz, chamada As cores do Jazz, muito além das Dissonâncias, em parceria com o Centro Cultural da Espanha. A palestra foi realizada na loja FNAC do ParkShopping Barigui e na Biblioteca Pública do Paraná, acompanhado pelo contrabaixista Rodrigo Marques.

• Apresentações em duo no projeto Menu Musical, no Shopping Curitiba.

• Professor de teoria/percepção musical, guitarra elétrica e violão nas escolas Contemporânea, Beethoven Haus, Pulsare Centro Musical e Vibre.

• Criação e implantação do curso Consciência Musical, que visa o desenvolvimento da percepção musical tendo como alvo a análise auditiva, integrando aspectos teóricos, históricos e estéticos. O curso foi ministrado na Pulsare Centro Musical.

• Workshop ministrada na Contemporânea Academia de Música intitulada Elementos estruturais da Improvisação.

• Workshop ministrada na Pulsare Centro Musical intitulada Editoração de partituras no programa Finale 2014.

 

2012

• Apresentações, palestras e concertos didáticos nas casas Wonka, Slaviero Full Jazz Bar, Centro Cultural da Espanha, Loja FNAC, Mezanino das Artes, Paço da Liberdade, Biblioteca Pública do Paraná, Aldeia do Beto, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, entre outras.

 

2011

• Workshop de improvisação em Jazz em Música popular brasileira na Biblioteca Viva, Antofagasta, Chile.

 

2010

• Turnê pelo norte do Chile com a banda Casa de Marimbondo, oferecendo um concerto na Universidad Católica del Norte (Antofagasta) e ministrando duas workshops de improvisação em jazz e música brasileira. A primeira, no auditório do Liceo Experimental Artístico, e a segunda na Escuela de Música del Teatro Municipal de Antofagasta. Realizaram-se também duas palestras de orientação vocacional para adolescentes entre 13 e 17 anos no Liceo Experimental Artístico. Vídeo de um trecho da apresentação.

 

2006

• Guitarrista líder, arranjador e coprodutor do primeiro CD da banda de rock Sospechosa Lavanda (Santiago do Chile).

 

2005

• Primeiro lugar no tradicional Concurso de Bandas de Rock de Antofagasta, Chile, apresentando-se no estádio regional de Antofagasta (Chile) perante mais de 20.000 pessoas com a banda Flor de Grupo.

 

2004

• Com a banda de metal progressivo instrumental Flor de Grupo, inúmeros concertos e tributos a bandas como Iron Maiden e Metallica em várias cidades da região.

 

2003

• Terceiro lugar no Concurso de Bandas de Rock em Antofagasta (Chile) com o grupo de rock progressivo Ad Libitum.

• Diversas apresentações com trios de blues e rock nas principais casas de shows da cidade e região. CURSOS

 

COMPLEMENTARES

2020

 

• Participação do FIMUCA, Festival Internacional de Música em Casa.

 

2018

• 35ª Oficina de Música de Curitiba. Curso de Escritura instrumental e técnicas intervalares com o compositor Flo Menezes.

 

2016

• Participação no Simpósio Internacional de Música Nova (SiMN) em Curitiba (PR) como parte da comissão organizadora.

• Curso básico de captação de áudio, na Escola de Música e Belas Artes do Paraná (UNESPAR – Campus Curitiba I) com o professor Bruno Haller.

• Participação no projeto Residências Musicais em Belo Horizonte com o maestro e compositor Roberto Victorio. A residência, organizada pela Fundação de Educação Artística (BH/MG), teve duração de duas semanas, período no qual foi produzida uma peça intitulada Para onde as coisas vão, estreada no concerto de encerramento da residência pelo pianista Mateus Junqueira e a percussionista Daniela Oliveira (vibrafone), sob minha regência.

• Projeto de Iniciação Científica (PIC) aprovado como bolsista na UNESPAR, sob orientação do Prof. PhD Felipe de Almeida Ribeiro. O projeto, na área de computação musical, leva por nome Desenvolvimento de patches em ambiente MAX para estudo de tópicos em acústica e eletroacústica.

• 3 anos de matéria eletiva de piano erudito na EMBAP.

 

2015

• 34ª Oficina de Música de Curitiba. Harmonia e Improvisação Criativa com o guitarrista e compositor Mário Conde.

• Projeto de Iniciação Científica (PIC) aprovado como bolsista na UNESPAR, sob orientação da Profa. Dra. Cristiane Otutumi. O projeto pertence à área de educação musical e tecnologia e leva por nome Jogos Digitais para o estudo na percepção musical: ferramenta de incentivo às práticas individuais extraclasse. Finalizado em 2016.

• Curso de composição com a orientação dos professores Harry Crowl e Indioney Rodrigues no Centro Cultural Heitor Stockler de França, finalizando o curso com a estreia da obra Canção Imaginária, composta durante o curso.

 

2014

• Oficina de criação musical para teatro e cinema no Centro Cultural Heitor Stockler de França sob orientação do compositor Harry Crowl. O curso finalizou com a estreia da obra Viagem pelo rio Ivaí (trilha para vídeo mudo paranaense de 1949 com o mesmo título) na Cinemateca Cultural de Curitiba.

 

2013

• 32ª Oficina de Música de Curitiba. Composição e improvisação com Chico Pinheiro.

 

2011

• Aulas particulares de composição com o pianista e compositor erudito Fúlvio Ferrari (ECA/USP).

• Apresentação na IV Semana de Provas Abertas Mpb&Jazz no Conservatório de Tatuí.

 

2010

• VI Curso de Férias do Conservatório de Tatuí: Composição com o professor/compositor Luis Nani (Universidad de Villa María, (Córdoba/Argentina) com duração aproximada de 60 horas.

• Classificado em segundo lugar como aluno bolsista do Festival Painel Instrumental no Conservatório de Tatuí, tendo aulas de prática de grupo com o pianista Fábio Torres e aulas de harmonia e improvisação com o guitarrista Fernando Corrêa (Banda de Jazz Sinfônico do Estado de São Paulo), com duração aproximada de 30 horas.

 

2009

• V Curso de Férias do Conservatório de Tatuí: Orquestração para Banda Sinfônica, com o professor/orientador João Victor Bota (UNICAMP), com uma duração aproximada de 60 horas.

• Participação do workshop Diretrizes para Improvisação com o guitarrista e compositor Fernando Corrêa, na semana da Mpb, no Conservatório de Tatuí.

• Participação do workshop de piano ministrado pelo professor Yaniel Mattos, no Conservatório de Tatuí.

 

2008

• Aulas particulares com o guitarrista e compositor Fábio Leal (Tatuí, SP).